Curadores

0001-5859758
Adeilton Lima

Adeilton Lima é ator e professor de literatura, teatro e cinema, com mestrado em Teoria Literária pela Universidade de Brasília. Há 28 anos, atua em Brasília onde é conhecido pelo trabalho direcionado para a poesia e pelos solos de investigação teatral como A Conferência, de sua própria autoria, Diário de um Louco, de Nicolai Gogol e Para Acabar com o Julgamento de Deus, de Antonin Artaud, que acaba de completar 20 anos desde sua estreia. Atuou no cinema em A Dança da Espera e Um Certo Esquecimento, de André Carvalheira, entre outros trabalhos. Estreou recentemente seu novo espetáculo Glauber Rocha, O Profeta do Delírio. Acabou de lançar seu primeiro livro de poesias com o título “Sempre Diga Eu te Amo da Boca pra Dentro” e está cursando doutorado em Artes na UnB.

foto Carol
Carol Barreiro

Carol Barreiro é performer, produtora, professora de dança e artes marciais com mestrado pela Universidade de Brasília em Artes Cênicas onde foi pesquisadora da CAPES. Iniciou suas atividades artísticas com a dança clássica atuando como bailarina do Grupo de Dança Regina Maura. Integrou o NEM dirigido pela coreógrafa Giselle Rodrigues e a Cia de dança Anti Status Quo dirigido pela coreógrafa Luciana Lara. Envolvida também com a produção artística, trabalhou com a produção da Mostra Basirah 10 anos, I Curso de formação em arte-educadores em espaços culturais de Brasília, Sacola Cena Ambiental, COPAS-12 cidades em tensão, I entre outros. Produz encontros de dança realizados quinzenalmente na Universidade de Brasília pelo projeto de extensão MOVER- laboratório de pesquisa criação em poéticas do movimento desde 2012 até hoje. É coordenadora das atividades do Núcleo 8 –educação somática no Distrito Federal. É instrutora do estilo Tian Dí Chuan de Kung Fu e do estilo Yang de Tai Chi Chuan pela Sociedade Brasileira de Tai Chi Chuan – International Yang Chen Fu Center..

WIN_20170716_00_07_47_Pro (4)
Janaina Mello

Atriz, produtora, consultora e realizadora de projetos culturais, diretora de teatro, cinema e audiovisual. Graduada em Produção Audiovisual e Cinema pela Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS (2008) e mestre em Arte pela Universidade de Brasília – UnB (2014). Em Brasília, desde 2010 atua na produção local, pesquisa, ensino e mediação de espetáculos de teatro. Com o Grupo Domo (BSB-DF) realizou a função de assistência de produção do espetáculo Manhã e assinou a direção de produção da circulação Myrian Muniz do mesmo em 2013. Produziu a Cia Razoes Inversas de São Paulo em Brasília em 2011 e 2012 e o Grupo Povo da Rua de POA-RS, circulação Myriam Muniz/2015. Gestão e produção executiva espetáculo de dança Axé Nzinga – 2016. Pesquisadora junto ao Laboratório de Imagens e(m) cena – UnB. Fundadora sócia da empresa Raro Negócios Criativos/2014. Idealizadora, curadora e coordenadora do Festival de Cenas curtas ¼ de cena/2017.

simone reis
Simone Reis

Simone Reis é diretora, atriz performativa e professora efetiva de Artes Cênicas do Instituto de Artes da Universidade de Brasília (UnB). Tem mestrado pela Universidade Federal da Bahia (2002) e doutorado em Estudos Performativos pela Victoria University, em Melbourne, na Austrália (2007). Criadora da linha de pesquisa em teatro performativo Teatro Pândego e coordenadora do Laboratório de Performance e Teatro do Vazio (LPTV), vinculado ao Decanato de Extensão (DEX) da UnB. Foi premiada em 2010/2011, pelo Fundo de Apoio à Cultura (FAC),na categoria Prêmios Especiais e pelo Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) para a realização de O Espelho, instalação cênica, em parceria com o artista multimídia Iain Mott, entre outros artistas.

Mais informações: http://escuta.org